Skip to content

CEPT e Instituto Brilhar

Como resultado dos trabalhos de caridade da antiga Creche Paulo de Tarso, Centro Espírita Paulo de Tarso instituiu, em 26 de maio de 2005, o Instituto BRILHAR, do qual é, até hoje, o principal mantenedor.

O Instituto BRILHAR é uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, de caráter cultural e sócio educativo, beneficente e filantrópico, destinado a prestar assistência cultural e socioeducativa a indivíduos inseridos no contexto das comunidades carentes. Em razão das ações executadas, o Instituto mereceu a concessão, pelo órgão competente, do título de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), nos termos da Lei 9790/99.

Entre as ações executadas pelo Instituto BRILHAR, destaca-se o Programa de Acompanhamento Infanto-Juvenil (PAIJ). As atividades do Programa são executadas na forma de semi-internato, sendo que os beneficiários são recebidos no Instituto a partir das 7 horas da manhã, ali permanecendo até as 18 horas, quando retornam aos seus lares. Nesse período, as crianças de 03 a 05 anos permanecem no Instituto, acompanhadas por monitores voluntários, enquanto que os demais assistidos, que se encontram em idade escolar, são conduzidos a estabelecimento formal de ensino fundamental e médio, sendo que, não raro, o Instituto acompanha seus beneficiários até o ensino superior.

Em 2014, a sede do Centro Espírita Paulo de Tarso, que também abrigava as atividades do Insittuto BRILHAR, entrou num período de reforma e implicou na necessidade de desocupação total da área. Considerando que o aluguel de um espaço para sediar o Instituto agregaria despesas além de suas possibilidades, e que interromper as atividades traria um enorme prejuízo às famílias atendidas, o Instituto BRILHAR firmou uma parceria com o Centro Comunitário Zilda Arns, no Varjão.

O Centro Comunitário recepcionou os 27 beneficiários do PAIJ, integrando-os ao grupo de crianças e jovens já atendidos no local. Em contrapartida, o CEPT doou móveis e equipamentos de cozinha, além de custear um funcionário de apoio e fornecer os insumos para manter o almoço dos assistidos. Ademais, o transporte dos beneficiários do PAIJ até as escolas onde os mesmos já estavam matriculados permaneceu sendo feito com veículo e motorista próprios.

Essa parceria não só permitiu a continuidade dos serviços junto às famílias apoiadas, como abriu um novo caminho para o Instituto BRILHAR. Ao somar esforços ao C.C. Zilda Arns, o Instituto vislumbrou a oportunidade de expandir suas ações de forma a beneficiar não apenas os jovens do PAIJ, mas todos os atendidos pela instituição parceira.

Para 2015, está sendo desenhado um novo modelo de trabalho para ampliar o atendimento a mais de 250 crianças e adolescentes do Varjão. Embora ciente de não poder desconstruir um cenário de injustiça social global, o Instituto BRILHAR permanece firme no propósito de fomentar mudanças naqueles quem estiverem ao alcance do seu braço socioeducativo e cultural. 

Revisado em 20 de fevereiro de 2015.

sfy39587p00